William Waack é criticado ao vivo sobre cobertura de atos antirracistas na CNN

Por André Medeiros
3/06/2020

William Waack foi demitido da Globo em 2016 por episódio de racismo

O apresentador e âncora da CNN Brasil William Waack foi criticado pela jornalista Alexandra Loras em um programa ao vivo na emissora por cobrir as manifestações de atos antirracistas pelo mundo, em apoio ao ex-policial negro George Floyd, morto covardemente.

Segundo Alexandra, Waack não era a pessoa ideal para estar nesta cobertura da emissora, já que foi demitido pela TV Globo exatamente após um ato de racismo, em 2016.

“Hoje a CNN e toda mídia brasileira têm o poder de convidar acadêmicos negros para conversar sobre essa temática. Quando vejo o William Waack, que foi mandado embora por um episódio de racismo, e hoje ele debater tanto tempo sobre o racismo”, disse a jornalista.

“Eu acho que deveríamos também convidar negros para debater sobre essas questões”, continuou a jornalista em entrevista à Daniela Lima, no programa CNN 360º.

No episódio citado por Alexandra, William Waack apareceu em um vídeo xingando um motorista que buzinava após vitória de Trump nos EUA. “Está buzinando por que, seu merda do cacete? Deve ser um, com certeza, não vou nem falar de quem, eu sei quem é, sabe o que é? Coisa de preto”, cochichou ele no ouvido do entrevistado.

você tem que ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *