Mulher é condenada a três anos de prisão por vídeos no TikTok

Por André Medeiros
30/07/2020

Manar Samy acabou condenada a três anos de prisão

O aplicativo TikTok cehgou fazendo sucesso no mundo inteiro. Muitas pessoas já estão até trabalhando com a plataforma para divulgar e vender produtos. Mas a maioria quer saber mesmo é de curtição.

Porém, nem todos os países estão felizes com o comportamento de algumas pessoas que usam o aplicativo. Prova disso é uma mulher que acabou condenada a 3 anos de prisão no Egito apenas por fazer vídeos na rede social.

Manar Samy usava muito a sua conta no TikTok para fazer vídeos com playback de músicas de artistas famosos e atrair seguidores. E olha que ela nunca apareceu nua e nem seminua.

Mas as roupas coladas ao corpo foram taxadas como muitos sensuais, levando a Promotoria do país a acusá-la de “incitar a devassidão e provocar instintos”.

Samy acabou condenada e ainda obrigada a ter de pagar uma multa de R$ 67,5 mil. Segundo a acusação, ela também estaria “promovendo a prostituição”. Vale lembrar que a maioria das egípcias é de islamistas e seguem à risca normas da religião.

você tem que ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *